Utilizamos cookies e tecnlogias semelhantes a fim de melhorar sua experiência no site. Ao continuar você concorda e aceita nossa  Política de Privacidade  

ANÁLISES & NOTÍCIAS SOBRE VEÍCULOS COM EMISSÃO ZERO

HOME CARROS MOTOS BIKES TECH MERCADO RACING STARTUPS CONTATO PESQUISAR

Motocross Elétrico: Cake realizará primeira edição do One Design Global Championships em 2021

Competição na Suécia será primeiro passo para circuito mundial programado para o próximo ano

Por |
O modelos serão as Kalk OR e Kalk OR Ink, e à exceção de baterias e peças para reparos, nenhuma outra modificação será permitida – Foto: Divulgação Cake

A Cake anunciou nesta quinta-feira (21) a edição inaugural do Cake Kalk One Design Global Championships. O campeonato estilo motocross disputado com modelos Kalk ocorrerá numa data entre maio e setembro deste ano, no complexo Gotland, na Suécia. O dia exato será confirmado até o fim de março. O evento propõe-se como primeiro passo rumo à realização de um circuito mundial com etapas em diferentes países no próximo ano.

Na primeira edição do Cake Kalk One Design Global Championships, 16 pilotos convidados de diferentes nacionalidades competirão no formato 4X (Four-cross) no sistema todos contra todos. E o espectro de competidores englobará pilotos do motocross, supercross, BMX, downhill e enduro.

“O Cake Kalk One Design segue o formato 4X (Four-cross). Com quatro pilotos em cada bateria correndo para se classificar. É um conceito de dupla eliminação com rodadas de vencedores e perdedores, para eventualmente anunciar um vencedor ”, descreve o coordenador do evento, JP Baralo.

A pista de Gotland foi projetada pelo piloto sueco com diversos títulos no enduro, Robert Kvarnström. Um percurso propício para explorar toda leveza e agilidade dos modelos Kalk. Kvarnström competirá no Cake Kalk One Design Global Championships e figura entre os favoritos à vitória. Os demais competidores ainda não foram confirmados

“Nossa ambição é trazer de volta o motociclismo às massas. Lutar contra o declínio das corridas tradicionais a combustão. Há possibilidade real de criarmos uma nova competição esportiva, amigável aos espectadores. O One Design possibilita isso perfeitamente, porque pode realizar corridas profissionais em ambientes urbanos, sem barulho, zero poluição e perturbação mínima”, argumenta o CEO e fundador da Cake, Stefan Ytterborn.

Ytterborn sustenta o argumento num dado que levanta: 70% das pistas de motocross fecharam nos últimos 15 anos. Justamente pelos motivos citados como pontos fortes para consolidar o One Design. Outras vantagens destacadas pelo CEO são facilidade de pilotagem, baixo peso das motos e espaço reduzido para construção das pistas.

De acordo com Cake, o plano era realizar uma temporada completa em 2021. Entretanto, em razão da pandemia, a startup decidiu concentra-se num único evento, em Gotland.

A primeira competição no formato One Design foi o Elektra Future, em setembro passado, no centro da cidade de Saint-Tropez (França). Conceito de motocross urbano o qual Cake pretende expandir mundialmente em 2022 com o circuito chamado Global City Racing.

EDITOR INDICA

RECEBA NOSSAS MATÉRIAS