Utilizamos cookies e tecnlogias semelhantes a fim de melhorar sua experiência no site. Ao continuar você concorda e aceita nossa  Política de Privacidade  

ANÁLISES & NOTÍCIAS SOBRE VEÍCULOS COM EMISSÃO ZERO

HOME CARROS MOTOS BIKES TECH MERCADO RACING STARTUPS CONTATO PESQUISAR

Lordstown Endurance abandona San Felipe 250 por consumo excessivo de energia

Startup planejava tornar-se primeira a completar a prova com veículo elétrico, mas terreno arenoso e pneus largos aumentaram consumo energético de modo imprevisto

Por |
A dupla ao comando da Lordstown Endurance era composta por Matthew Blanchard (piloto) e James Blanchard (copiloto), irmãos cujo histórico destacado pela startup era o de ex-militares – Foto: Lordstown Motors

A 34ª edição da Baja San Felipe 250 teve propósito paralelo inédito: validar atributos apregoados por Lordstown Motors após relatório da Hindenburg. Mas a corrida na Califórnia realizada sábado (17) fez valer o elevado histórico de abandonos, e presenciou a saída prematura da pick-up Endurance. De acordo com startup, não por quebras ou falhas, mas pelo consumo energético acima do antecipado.

Nos cálculos de Lordstown Motors, em razão das condições desafiadoras do terreno e ambiente, o consumo energético seria aproximadamente 3 vezes superior às condições normais à altitude de 60 metros em relação ao nível do mar. Entretanto, o consumo mostrou-se 4 vezes acima do normal.

A Endurance completou o primeiro estágio de 64 km nas condições citadas. Porém, o estágio seguinte teria 104 km à altitude de 533 metros. Assim, segundo Lordstown, por receio da pick-up ficar sem energia no percurso montanhoso e bloquear a pista atrapalhando os demais competidores, a equipe decidiu abandonar a prova.

Lordstown explicou que a areia profunda exigiu pneus mais largos, e resultou num consumo acima do esperado. Apesar do abandono, a empresa reiterou que todos os componentes críticos da Endurance, como os motores no interior das rodas, conjuntos de baterias, estrutura e sistema de gerenciamento de temperatura, resistiram ao terreno e às condições severas.

A confirmação da pick-up em condições de rodagem após a retirada da prova foram 16 km percorridos fora do traçado.

Além da Endurance, apenas mais um veículo (não confirmado até o fechamento da matéria anterior) disputou a categoria Baja E, destinada à propulsão elétrica. E também abandonou.

Embora afirme-se satisfeita com o desempenho e planeje correr na próxima edição, o otimismo não foi compartilhado pelo mercado. Justamente uma das razões para a startup disputar a prova. Após o abandono, as ações listadas na Nasdaq caíram mais de 8%.

TÓPICOS RELACIONADOS

EDITOR INDICA

RECEBA NOSSAS MATÉRIAS