Utilizamos cookies e tecnlogias semelhantes a fim de melhorar sua experiência no site. Ao continuar você concorda e aceita nossa  Política de Privacidade  

ANÁLISES & NOTÍCIAS SOBRE VEÍCULOS COM EMISSÃO ZERO

HOME CARROS MOTOS BIKES TECH MERCADO RACING STARTUPS CONTATO PESQUISAR

Moto elétrica Cake Ösa será utilizada pelo serviço de mobilidade compartilhada M – Volvo Car Mobility

Utilitária da startup sueca será locomoção para equipe de limpeza e serviços na frota de carros do M – Volvo Car Mobility em Estocolmo

Por |
Versátil, a Ösa é capaz de transportar diversos itens em compartimentos acoplados à estrutura da moto elétrica – Foto: Divulgação Cake

Cake, a startup cuja proposta é reinventar o conceito de motocicleta, anunciou esta semana nova parceria: o serviço de mobilidade compartilhada M – Volvo Car Mobility. A equipe utilizará a elétrica Ösa como locomoção para limpeza e serviços na frota de carros em Estocolmo, Suécia.

O M – Volvo Car Mobility oferece a pessoas e negócios mobilidade sob demanda, quando necessário. Elimina a necessidade de possuir um carro, economiza tempo, espaço e dinheiro. O uso do serviço é feito via aplicativo, e funciona controlado por uma plataforma de inteligência artificial.

Atualmente o M – Volvo Car Mobility afirma possuir mais de 150 mil usuários registrados. E como os carros rodam mais comparados aos particulares, há maior necessidade de limpeza e serviços.

É neste ponto que entra a Cake Ösa. A utilitária elétrica possui autonomia suficiente para as tarefas, agilidade ao estacionar, capacidade para transportar equipamentos e tomada elétrica possibilitando uso de aspirador de pó. E por se tratar de uma moto elétrica, contribui com o objetivo do Volvo Car Mobility de reduzir emissões em suas operações.

“É evidente a vantagem da Cake Ösa em estacionar ao lado do carro para limpeza ou serviço, em vez de perder tempo procurando uma vaga para depois carregar aspirador e equipamentos. É a chance perfeita para Cake demonstrar seu propósito. A parceria é incrível, e tem potencial para evoluir no futuro”, comentou Stefan Ytterborn, fundador e CEO da Cake.

“Certamente a Cake Ösa é perfeita para nossas aspirações de sustentabilidade. A equipe de operações do serviço M utiliza carros híbridos, o que é fantástico. Mas agora também podem utilizar a Ösa para algumas tarefas, e assim melhorar a eficiência e reduzir nossa pegada de carbono. A parceria se encaixa ao objetivo de locomover as pessoas de modo sustentável”, comentou Steinar Danielsen, líder de sustentabilidade da M – Volvo Car Mobility.

Cake não informou quantas Ösa serão utilizadas, projeções de rodagem diária ou possíveis desdobramentos para a parceria.

Visão Zev.News

Rupturas ciclísticas em forma e função, mas viáveis como negócio. Numa frase, resumo de Cake. Da concepção à fundação em 2016. E a partir de então ao longo da jornada até o momento.

Se no início a empreitada era cercada de ceticismo pelo design exótico, propulsão elétrica e ciclísticas incomuns (Kalk e Ösa), hoje Cake mostra-se cada vez mais viável como empresa.

Não apenas direcionada à grupo de aficionados por motos fora de estrada. Mas explorando nichos necessitando deslocamentos urbanos não atendidos adequadamente pelas opções existentes.

O M – Volvo Car Mobility pertence ao grupo Volvo, mas é empresa à parte. O foco é fornecer mobilidade flexível aos usuários – não necessariamente carros. Assim, quem sabe, futuramente, além de veículo para manutenção, as Ösa (e Kalks) sejam disponibilizadas junto aos carros Volvo como parte da frota. Num modelo multimodal em estudo por diversas empresas de mobilidade.

Talvez, seja justamente esta a intenção (ou expectativa) de Stefan Ytterborn, contida na frase “potencial para evoluir no futuro”.

TÓPICOS RELACIONADOS

EDITOR INDICA

RECEBA NOSSAS MATÉRIAS