Utilizamos cookies e tecnlogias semelhantes a fim de melhorar sua experiência no site. Ao continuar você concorda e aceita nossa  Política de Privacidade  

ANÁLISES & NOTÍCIAS SOBRE VEÍCULOS COM EMISSÃO ZERO

HOME CARROS MOTOS BIKES TECH MERCADO RACING STARTUPS CONTATO PESQUISAR

Hiperaerodinâmica e bimotor, elétrica WMC250EV planeja superar 400 kph para cravar novo recorde

Desenvolvida pela White Motorcycle Concepts, além do recorde, empresa britânica vislumbra aplicabilidade de tecnologias na indústria automobilística

Por |
A carenagem da WMC250EV é construída em fibra de carbono, e a estrutura da moto faz uso extensivo de alumínio, ainda assim o peso é elevado: 300 kg – Foto: Divulgação White Motorcycle Concepts

Superar com folga os 400 km/h para estabelecer novo recorde de velocidade. Missão da WMC250EV, moto elétrica em desenvolvimento pela britânica White Motorcycle Concepts. O feito está planejado para acontecer no segundo semestre de 2022, no deserto salino Salar de Uyuni, na Bolívia.

Embora numa primeira impressão o recorde pareça pura extravagância, há camada de negócios envolvendo a empreitada. A White Motorcycle Concepts acredita que boa parte das tecnologias desenvolvidas terão aplicabilidade na indústria automobilística.

Entre as principais tecnologias, e mais chamativa, está o chamado V-Air. Trata-se de um duto aerodinâmico percorrendo toda a extensão longitudinal da WMC250EV. Segundo White Motorcycle Concepts, a solução reduz em 70% a resistência do ar.

Outro destaque são os dois motores elétricos. Um instalado na roda dianteira, associado ao sistema de regeneração de energia. O outro na estrutura da moto, conectado à roda traseira por meio de corrente.

A White Motorcycle Concepts concluiu na semana passada testes no aeroporto de Bruntingthorpe Proving Ground, na Inglaterra. Embora finalizado com sucesso, os 100 kW (136 cavalos) de potência da versão de testes ainda estão aquém do necessário para levar a moto de 300 kg ao recorde.

A potencia estimada para o objetivo são 250 kW (400 cavalos). E a justificativa para a falta temporária de cavalos é que na versão de testes a WMC250EV utiliza sistema de 60 Volts, já a versão final utilizará sistema 800 Volts.

O atual recorde de velocidade para motos elétricas pertence ao italiano Max Biaggi, estabelecido em 2020, ao guidão da Voxan Wattman. A marca: 408 km/h, atingidos no aeroporto de Châteauroux, França.

Os testes da WMC250EV prosseguem nos próximos meses, e antes de embarcar para buscar o recorde principal, a White Motorcycle Concepts pretende quebrar um recorde nacional britânico como preparação.

TÓPICOS RELACIONADOS

EDITOR INDICA

RECEBA NOSSAS MATÉRIAS