Utilizamos cookies e tecnlogias semelhantes a fim de melhorar sua experiência no site. Ao continuar você concorda e aceita nossa  Política de Privacidade  

ANÁLISES & NOTÍCIAS SOBRE VEÍCULOS COM EMISSÃO ZERO

HOME CARROS MOTOS BIKES TECH MERCADO RACING STARTUPS CONTATO PESQUISAR

Em expansão, Cake recebe US$ 60 milhões para escalar operações e acelerar crescimento

Startup de motos elétricas implantou fábrica na Suécia e ampliou linha de produtos para conquistar mais clientes

Por |
Aliado à versatilidade, utilizar a Ösa nas operações significa comunicar à sociedade preocupação com a questão climática e redução de ruídos e emissões nas cidades – Foto: Divulgação Cake

Cake anunciou nova rodada de investimentos. O total recebido de US$ 60 milhões divide-se em US$ 14 milhões em notas conversíveis – espécie empréstimo convertido em participação na startup – e US$ 46 milhões em investimentos financeiros. O montante será aplicado para expandir as operações da startup.

Criada na Suécia, Cake iniciou as operações em 2018. E entrou no mercado com a Kalk. Moto elétrica vocacionada para o fora de estrada com identidade construída pela pilotagem ágil, visual minimalista e elegante.

Depois da Kalk, veio a Ösa. Scooter utilitária seguindo a estética Cake. Cujo ponto forte é a versatilidade no transporte dos mais diversos itens por meio de compartimentos acopláveis à estrutura da moto.

Este mês Cake consolidou a expansão da linha com o terceiro modelo: Makka. Uma moto para deslocamentos urbanos, compacta, tanto nas dimensões quanto no preço – considerando o valor da etiqueta Cake.

Por conta da estratégia de posicionamento e sofisticação dos produtos, Cake conseguiu estabelecer-se como marca premium repleta de identidade. E da origem fora de estrada, adentrou com seus modelos nichos urbanos inexplorados. Caso da parceria com Volvo Car Mobility e para entregas de refeições gourmet.

Embora sem revelar detalhes, o CEO e fundador da Cake, Stefan Ytterborn, mencionou planos para implementar instalações para produção das motos na Europa, Estados Unidos e Ásia. O objetivo é aproximar produtos e mercados consumidores, a fim de reduzir o impacto ambiental. Recentemente, Cake estabeleceu uma planta na Suécia. Até então os modelos eram produzidos em Taiwan.

TÓPICOS RELACIONADOS

EDITOR INDICA

RECEBA NOSSAS MATÉRIAS