Utilizamos cookies e tecnlogias semelhantes a fim de melhorar sua experiência no site. Ao continuar você concorda e aceita nossa  Política de Privacidade  

ANÁLISES & NOTÍCIAS SOBRE VEÍCULOS COM EMISSÃO ZERO

HOME CARROS MOTOS BIKES TECH MERCADO RACING STARTUPS CONTATO PESQUISAR

Estúdio X-Idea apresenta XCELL, moto com ciclística orgânica e movida a células de combustível

Conceito foi apresentado durante Salão da Motocicleta de Chongqing, China, e representa visão da motos para a próxima década

Por |
Células de hidrogênio estão armazenas em quatro compartimentos na seção dianteira da XCELL – Foto: Divulgação X-Idea

X-Idea é um estúdio de Xangai dedicado à inovação em mobilidade sobre duas rodas. Criado em 2009, carrega no histórico projetos em parceria com subsidiárias de Honda, Yamaha e Suzuki.

Durante o Salão da Motocicleta de Chongqing (China), realizado em setembro, o estúdio chinês apresentou o modelo conceito XCELL, movido a células de combustível de hidrogênio.

Comparado à disseminação de modelos de carros puramente elétricos, o universo de opções das motos ainda é restrito. No caso das células de combustível, mesmo na esfera conceitual, os projetos contam-se nos dedos de uma mão.

A XCELL abandona conceitos ciclísticos centrados no motor a combustão, e explora possibilidades a partir da liberdade conferida por outro tipo de propulsão.

Por exemplo, eletronicamente, a XCELL pode ajustar facilmente e a qualquer momento o chamado triângulo de pilotagem. Isto é, a posição das pedaleiras, assento e guidão. E um sistema de inteligência de segurança fornece informações da via, prevê pontos cegos e expande a visão do condutor.

"Chassi e suspensões deveriam ser flexíveis e sólidos, como um osso, em vez de uma máquina fria. Ou como nós dizemos, uma extensão dos membros do piloto. Baseado nesses conceitos, conduzimos reuniões internas, que resultaram num estilo de pilotagem com postura ajustável, de aparência orgânica”, explica Luke Lu, chefe de design da X-Idea.

A XCELL é um conceito com propósito de estudar possibilidades futuras. E X-Idea considera que dada a evolução das células de combustível a visão pode tornar-se real na próxima década.

TÓPICOS RELACIONADOS

EDITOR INDICA

RECEBA NOSSAS MATÉRIAS