Utilizamos cookies e tecnlogias semelhantes a fim de melhorar sua experiência no site. Ao continuar você concorda e aceita nossa  Política de Privacidade  

ANÁLISES & NOTÍCIAS SOBRE VEÍCULOS COM EMISSÃO ZERO

HOME CARROS MOTOS BIKES TECH MERCADO RACING STARTUPS CONTATO PESQUISAR

Mugen fortalece FIM E-Xplorer ao confirmar participação na competição de motos elétricas

Preparadora de motores da Honda é primeira marca oficial na categoria programada para estrear no 3º trimestre deste ano

Por |
A partir da ciclística da Honda CR a combustão, a fabricante japonesa utilizou os conceitos da Mugen E.Rex como base para a versão elétrica da moto cross – Foto: Divulgação Honda

Um referencial para avaliar o amadurecimento de qualquer ramo motorizado são as competições. Mais precisamente, o status evolutivo. Mensurado pela participação de fabricantes, chancela de entidades e envolvimento de nomes conceituados do esporte. Amadurecimento que as motos elétricas off-road começam a demonstrar. Exemplificado na chegada do FIM E-Xplorer.

Programado para estrear no 3º trimestre deste ano, o FIM E-Xplorer é idealizado por Valentin Guyonnet, francês cujo histórico consta a organização de eventos inovadores, como Red Bull Woodstrokes. Verve criativa agora transposta às motos elétricas.

O conceito do FIM E-Xplorer coloca pilotos com origens variadas em provas contando com inúmeros desafios. Saltos, seções de equilíbrio e ritmo serão frequentes nos percursos do campeonato.

Em entrevista a Zev.News, Guyonnet afirmou que o plano é realizar em 2022 etapas em cinco países. O calendário permanece indefinido, mas segundo os organizadores será revelado em breve.

A proposta do FIM E-Xplorer cativou a entidade máxima do motociclismo, FIM – Federação Internacional de Motociclismo, para obter chancela e ainda ostentar o acrônimo da entidade no título campeonato.

Junto de Guyonnet na promoção do FIM E-Xplorer estão figuras importantes do esporte a motor, como Alessandro Agag, criador da Fórmula E, e Eric Peronnard, organizador de competições como o Moto X dos X Games e Red Bull Straight Rhythm.

Mugen na FIM E-Xplorer

Com chancela e envolvimento de figuras relevantes do esporte, faltava uma “caixa de checagem”: uma fábrica. Agora preenchida com o anúncio da participação da Mugen. Que sedimenta o campeonato como possível sucesso.

Fundada em 1973 por Hirotoshi Honda, filho de Soichiro Honda, Mugen consagrou-se como preparadora dos motores da fabricante japonesa nas principais categorias do esporte a motor – inclusive Fórmula 1. No passado mais recente expandiu o leque de atuação. Além dos motores a combustão ingressou de forma vencedora na propulsão elétrica.

Mugen dominou a categoria elétrica (TT Zero) da Ilha de Man ao conquistar 5 vitórias entre 2014 e 2019 com a moto-projeto Shinden. E gerou enorme frisson ao apresentar em 2019 o conceito moto cross elétrico E.Rex. Posteriormente evoluído para o protótipo da Honda CR elétrica.

Provavelmente, alguma variante da CR elétrica será o modelo escolhido para o FIM E-Xplorer. Além dos aspectos promocionais, a empreitada tem objetivo definido: funcionar como laboratório para o desenvolvimento de motos elétricas Honda.

TÓPICOS RELACIONADOS

EDITOR INDICA

RECEBA NOSSAS MATÉRIAS